22.5 C
São Paulo
domingo, 5 dezembro, 2021
Início Bem Estar Covid 19: o fim do distanciamento entre pessoas em teatros, cinemas e...

Covid 19: o fim do distanciamento entre pessoas em teatros, cinemas e escolas

Tempo de Leitura: 2 minutos
 

  • Prefeitura mantém uso de máscara, libera escolas, cinemas e teatros de distanciamento mínimo e lança programa De Olho na Carteirinha
  • Os técnicos da Secretaria Municipal da Saúde farão avaliação da cobertura vacinal de crianças e adolescentes por regiões da cidade.
  • Escolas municipais não terão mais rodízio a partir de 2a. feira (25/10/2021)
  • Cinemas e teatros poderão funcionar com capacidade total a partir desta 6ª feira

O uso de máscara de proteção facial contra o coronavírus segue obrigatório na capital e sem data prevista para suspensão. O anúncio foi baseado em estudo científico produzido pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS), cujo resultado permitiu a liberação do distanciamento mínimo em escolas da rede municipal, teatros e cinemas.

As medidas, anunciadas pelo prefeito da Cidade de São Paulo incluem também o lançamento do programa De Olho na Carteirinha para assegurar o cumprimento do calendário oficial e a cobertura vacinal de crianças e adolescentes paulistanos.

Continua obrigatório o uso da máscara e  que, mesmo com um público com menos de 500 pessoas, façam a comprovação da vacina, cujo documento pode ser obtido por meio do aplicativo E-Saúde. Para eventos com mais de 500 pessoas, continua obrigatório a apresentação do passaporte da vacina. O uso de máscara será avaliado até o dia 10 de novembro, quando haverá um nov parecer da Prefeitura se haverá o cancelamento da prática.

A definição da nova recomendação foi feita com base no método de rastreamento, monitoramento e testagem de contatos Rastcov-Sampa Situação Epidemiológica. “O monitoramento e rastreamento dos casos de contado da Covid-19 é uma das medidas estratégicas para que a gente consiga reduzir a transmissão doença. Essa estratégia possibilita que a gente identifique e isole novos casos, prevenindo o surgimento de casos secundários”, explicou a coordenadora do núcleo epidemiológico da Vigilância Sanitária, Paula Bisordi Ferreira. 

O objetivo da ação foi compreender a dinâmica da transmissão Covid-19 entre os contatos próximos de casos confirmados frente ao cenário de predominância da variante Delta.

Educação

A partir de 2ª feira (25/10/2021) não será mais necessário respeitar o distanciamento de um metro entre as carteiras nas escolas da rede de Educação da capital.

Segundo a Prefeitura, a questão do rodízio passa a ser superada a partir desta 2ª feira  e, também, será enviado um ofício ao Ministério da Saúde solicitando a prioridade da vacinação para os profissionais da educação, como foi com o reforço da terceira dose para esses profissionais.

Carteirinha

A Prefeitura da Cidade de São Paulo  lançará o “De olho na Carteirinha“, para o aumento da cobertura vacinal. A Secretaria Municipal da Saúde disponibilizará uma plataforma on-line para a digitalização de dados de crianças e adolescentes com as carteirinhas atrasadas. Essas informações serão enviadas para as unidades de saúde que farão a busca ativa. As escolas também farão o alerta sobre as vacinas atrasadas.

<Com apoio de informações/fonte: Secretaria Especial de Comunicação/Secom-PMSP >


d