17.4 C
São Paulo
quinta-feira, 21 outubro, 2021
Início Bem Estar Covid-19: divulgado nova vacinação para faixas-etária de 58 a 18 anos –...

Covid-19: divulgado nova vacinação para faixas-etária de 58 a 18 anos – até setembro

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil-EBC
Tempo de Leitura: 4 minutos
  • Veja também os grupos prioritários que já podem se vacinar 
  • Quadro mostra faixas etárias e datas – até setembro
  • Faixas de 58 a 18 anos e também as vacinas remanescentes – as “Xepas”

Começou nesta 6ª feira (18jun2021) a imunização contra a Covid-19 para as pessoas com idade entre 52 e 53 anos, um público estimado em 306.154 mil moradores da capital.

O escalonamento permite que cada faixa etária tenha um dia específico para se imunizar, evitando que muitas pessoas se desloquem ao mesmo tempo aos locais de vacinação. O objetivo é justamente evitar filas e aglomerações nos pontos. Para isso, toda a rede de postos da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) encontra-se em operação.

As pessoas que não puderem ir nos dias indicados devem comparecer posteriormente. Também para evitar aglomerações, cada categoria contará com datas para a repescagem.

Para conferir a movimentação nos postos de vacinação, clique aqui no Portal De Olho na Fila. O serviço informa se há fila pequena, média, grande ou se não há fila alguma no local escolhido.


Cronograma de vacinação por faixa-etária


Doses Remanescentes
A partir de hoje, caso haja dose remanescente (popularmente conhecida como Xepa) próximo ao término das atividades do serviço de saúde, a vacina poderá ser aplicada nos seguintes grupos, seguindo esta ordem de prioridade:

  1. Lactantes sem comorbidades (até 2 anos de amamentação), acima de 18 anos.
  2. Acadêmicos em Saúde em estágio, independentemente do período de formação, das categorias profissionais do Anexo 1.
  3. Estudantes de área técnica em saúde em estágio, independentemente do período de formação, nas categorias profissionais descritas no Anexo 1.
  4. Pessoas com mais de 18 anos de idade.

A unidade de Saúde deverá manter listas de espera com os usuários, residentes da cidade de São Paulo, elegíveis em sua área de abrangência: moradores, estudantes e quem trabalha na região da unidade (necessário apresentar documentação com endereço) com telefones para convocação deste público. Clique aqui e saiba mais

Onde se vacinar?

Os grupos elegíveis para receber a primeira ou a segunda dose dos imunizantes disponíveis podem buscar uma das 468 Unidades Básicas de Saúde (UBS), as AMA/UBS Integradas, os 17 SAEs (Serviços de Atenção Especializada), os mega postos com acesso a pedestres, os mais de 130 postos volantes, a rede de farmácias parceiras e os postos que operam exclusivamente em sistema drive-thru.
Clique aqui e confira a lista completa e atualizada com os locais de vacinação

Documentos necessários

Para garantir as doses à população do município de São Paulo, a SMS reforça a obrigatoriedade de se apresentar no ato da vacinação um comprovante de residência na capital, juntamente com os documentos pessoais, preferencialmente CPF e cartão SUS.

O comprovante de endereço no município de São Paulo pode ser apresentado de forma física ou digital. Se não houver no próprio nome do munícipe, serão aceitos comprovantes em nome do cônjuge, companheiro, pais e filhos, desde que apresentado também um documento que comprove o parentesco ou estado civil (RG, certidão de nascimento, certidão de casamento ou escritura de união estável).

Vale lembrar que o preenchimento do pré-cadastro no site Vacina Já (www.vacinaja.sp.gov.br) agiliza o tempo de atendimento nos postos de vacinação. Basta inserir dados como nome completo, CPF, endereço, telefone e data de nascimento para concluir o cadastro.

Comorbidades

No site Vacina Sampa, estão disponíveis a relação dos documentos necessários para comprovação de elegibilidade, modelos de declarações e a lista completa de postos de vacinação abertos na capital.

A SMS reforça que na comprovação de deficiência visual, só será aceita autodeclaração em casos de deficiência permanente (cegueira), para as demais classificações de baixa visão ou visão monocular será exigido documento que comprove a referida condição, conforme legislação vigente.

Categorias especiais
  • Pessoas em situação de rua com mais de 18 anos ou cadastradas nos Centros de Acolhida;
  • Pessoas com comorbidades com 18 anos ou mais;
  • Pessoas com Síndrome de Down com mais de 18 anos;
  • Pacientes em Terapia Renal Substitutiva com mais de 18 anos;
  • Pessoas transplantadas imunossuprimidas com mais de 18 anos;
  • Pessoas com deficiência permanente, beneficiários ou não do BPC, acima de 18 anos;
  • Gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto), acima de 18 anos, com e sem comorbidades;
  • Pessoas com 18 anos ou mais com deficiência, residentes em Residências Inclusivas e com 60 anos ou mais residentes em instituições de longa permanência (institucionalizadas);
  • População indígena vivendo em terras indígenas; e
  • Quilombolas.
Categorias profissionais
  • Profissionais de Saúde e da Educação com 18 anos ou mais;
  • Trabalhadores de cemitérios públicos e privados do município de São Paulo;
  • Trabalhadores no atendimento direto a vulneráveis da SMADS e SMDHC;
  • Trabalhadores de transporte coletivo (motoristas e cobradores);
  • Metroviários e ferroviários (área de segurança, manutenção, limpeza e agentes de estação na linha de frente com 47 anos ou mais, além de operadores de trem de todas as idades);
  • Aeroportuários do Aeroporto de Congonhas – funcionários do aeroporto e dos serviços auxiliares ao transporte aéreo;
  • Aeronautas – funcionários das companhias aéreas nacionais;
  • Estudantes em Saúde cursando o último ano de formação;e
  • Estudantes de área técnica em saúde, cursando o último ano e em estágio.

<<Com apoio de informações/fonte: Secretaria Especial de Comunicação-Secom/PMSP>>