Os clientes dos Correios têm agora a opção de entrega de encomenda no vizinho. A funcionalidade foi lançada na última semana e permite ao remetente indicar um endereço alternativo, próximo ao do destinatário, para a entrega do pacote, sem custo adicional.

De acordo com a empresa, a medida atende a uma sugestão recorrente dos clientes e facilitará a entrega de objetos, mesmo no caso da ausência do destinatário no endereço principal. A opção está disponível para todo o país e abrange exclusivamente as remessas Sedex e PAC.

O remetente deve declarar na etiqueta de endereçamento que a entrega no vizinho está autorizada, conforme o Guia de Endreçamento de Encomendas.  O endereçamento consiste no conjunto de informações que identificam e orientam o caminho da sua encomenda nos Correios, da postagem à entrega. O correto endereçamento de um objeto tem impactos diretos na efetividade da entrega nos prazos estabelecidos.

Com a distribuição de mais de 1 milhão de encomendas por dia, os Correios contam com um parque automatizado de triagem que permite que as caixas e os envelopes sejam separados de acordo com a localidade de entrega de forma mais ágil. Contudo, para que os objetos cheguem aos seus destinos no prazo estabelecido, é imprescindível que o endereçamento seja realizado não apenas de forma correta, mas com os respectivos códigos de barras e informações adicionais.

Acesse e utilize o  Guia Técnico (clique aqui) , que tem como objetivo orientar o processo de endereçamento, de forma a traçar diretrizes e melhores práticas para a preparação da encomenda.

Os Correios informam que não são aceitas etiquetas de endereçamento diferentes dos modelos disponibilizados. Clique aqui para ter as etiquetas oficiais conforme abaixo — até para imprimir. O endereço indicado pode ser até duas casas à direita ou à esquerda ou à frente do endereço principal. Em prédios, qualquer apartamento pode ser indicado para recebimento.

Uma outra função no sistema de rastreamento também foi implementada recentemente pelos Correios. Agora os clientes também são informados sobre a data prevista para entrega da encomenda. A funcionalidade está disponível no site dos Correios para encomendas nacionais e remessas postais (econômicas e expressas) e, em breve, estará acessível no aplicativo Correios e abrangerá as postagens internacionais e demais serviços rastreáveis.

Mais instruções dos serviços dos Correios e informações sobre outras formas de receber encomendas estão disponíveis no site dos Correios — clique aqui.


Um pouco da história dos Correios === A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), ou simplesmente Correios, é uma empresa pública federal responsável pela execução do sistema de envio e entrega de correspondências no Brasil.  A legislação brasileira prevê o monopólio da ECT nos serviços de carta, cartão postal, correspondência agrupada e telegrama.  A ECT tem origem com a criação do cargo de Correio-mor das cartas do mar em 1663. Em 1980, a empresa criou em Brasília o Museu Postal e Telegráfico da ECT. Atualmente denomina-se  Museu Nacional dos Correios  e, de acordo com a página oficial,  tem mais de um milhão de peças da história postal, telegráfica e filatélica brasileira. Em 25 de janeiro de 2013, o serviço postal oficial brasileiro fez 350 anos e, para celebrar a data, lançou selos e logomarca alusivas ao evento. === <<Wikipédia>>


== << Com apoio de informações/fonte: Empresa Brasil de Comunicação – por  Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil – Brasília >> ==

credito_sicredi

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora