A menos de um mês do início da Copa do Mundo da Rússia,  o DiárioZonaNorte inicia a publicação, diariamente,  um apanhado  especial com o resumo sobre as seleções da Copa do Mundo-2018, com apoio da Agência do Rádio Mais. Nele, não vão faltar informações da história, curiosidades, prognóstico para o torneio e os principais destaques das 32 seleções que irão disputar a maior competição de futebol do mundo. Para começar, nada mais justo falar do país que vai sediar a competição: a seleção russa.

Por ser o país-sede, a Rússia não disputou as Eliminatórias e foi automaticamente classificada a Copa. Os russos foram um dos cabeças de chave durante o sorteio dos grupos da competição e integram o grupo A, ao lado de Egito, Arábia Saudita e Uruguai. A história da Rússia no futebol é recente. O país disputou seu primeiro jogo oficial apenas no ano de 1992.

Após o fim da União Soviética, a Rússia se tornou independente. Logo em 1994, conseguiu se classificar para a Copa do Mundo dos Estados Unidos. Com duas derrotas nos dois primeiros jogos, os russos foram eliminados na primeira fase da competição. Após não se classificar para a Copa de 1998, voltaram à competição em 2002, mas novamente foram eliminados na primeira fase. Além disso, ficaram de fora das edições de 2006, na Alemanha, de 2010, na África do Sul. Em 2014, no Brasil, voltaram a uma Copa do Mundo, mas repetiram a eliminação na primeira fase.

Durante a preparação para a Copa, a Rússia realizou diversos amistosos e participou da Copa das Confederações, em 2017. Os russos, mais uma vez, viveram o fantasma da eliminação ainda na primeira fase do torneio. Foram 11 jogos disputados em 2017, nos quais a Rússia conquistou três vitórias, quatro empates e quatro derrotas. Foram 15 gols anotados e 16 sofridos.

Já em 2018, os russos perderam os dois amistosos que disputaram. O primeiro para o Brasil, de Tite, por 3 a 0, e o segundo para a França, por 3 a 1. A seleção do leste europeu faz o último teste contra a Turquia, no dia quatro de junho, às vésperas da Copa.

Agora, em uma nova tentativa de vitória, a Rússia pode convocar três brasileiros para a Copa. O lateral-direito Mário Fernandes, ex-Grêmio, é nome praticamente certo na lista de convocados. O destaque da Rússia é o experiente goleiro Igor Akinfeev, de 32 anos. O arqueiro defende o CSKA Moscou e é capitão no seu time e na seleção. Akinfeev defende a Rússia desde 2004 e possui mais de 80 convocações em seu currículo.

A Rússia enfrentará a Arábia Saudita na estreia, no dia 14 de junho, em Moscou. Depois enfrentará o Egito, no dia 19, em São Petesburgo, e finaliza a fase de grupos contra o Uruguai, em Samara, no dia 25. << Com apoio de informações/fonte: Agência Rádio Mais – Texto/Repórter: Paulo Henrique Gomes >>

  

Juntos Pela Zona Norte

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora