Julho já começou e é um dos períodos do ano mais procurados para viagens, por causa de férias escolares. Famílias começam a se organizar para sair de casa e curtir os dias de descanso. Embora o planejamento seja uma delícia, é essencial que algumas preocupações não sejam deixadas de lado, caso tenha um pet, a fim de evitar qualquer imprevisto.

Os cuidados devem ser redobrados se o seu cão ou gato estiver incluso nos planos de viagem, pois existem várias decisões e medidas a serem tomadas para garantir total conforto e o mínimo estresse ao seu animal de estimação. No intuito de te ajudar nessa tarefa, o médico veterinário das rações Max, Marcello Machado, listou alguns cuidados essenciais antes de cair na estrada. Confira:

Transporte de pets == O primeiro passo para planejar sua viagem com seu melhor amigo, é pensar em qual tipo de transporte irá usar e o que deve fazer para incluir o animalzinho nessa viagem. Para viajar de carro com seus pets, faça uma espécie de treinamento para a viagem, acostumando os bichinhos a andarem de carro. Algumas lições básicas de adestramento também podem ajudar a manter seu fofuxo tranquilo durante a viagem e distraí-lo.

Além disso, com algumas técnicas, ele poderá respeitar o local designado e pedir para sair para um passeio em caso de necessidade. Não se esqueça de levar os brinquedos que ele mais gosta e, principalmente, da segurança: cães devem usar cintos de segurança e os gatinhos precisam ser transportados em caixas apropriadas.

Cachorros grandes podem viajar no porta-malas, desde que tenham rede de proteção. Jamais deixe-o sem estes cuidados. Além de você receber uma multa, o seu cão ainda corre perigo

Hospedagem == Busque hotéis pet friendly, ou seja, onde é permitida a entrada de animais de estimação. É importante entrar em contato antes para saber quais são as exigências como, por exemplo, os atestados de vacinação e tratamento contra pulgas e carrapatos.

Vacinação == Fique atento à carteirinha de vacinação do seu bichinho. Todas as doses devem estar em dia para que ele não corra riscos. É importante também buscar contatos de veterinários que atendam no lugar onde irá, assim, estará preparado caso ocorra algum imprevisto. Não esqueça de levar o atestado de vacinação, os remédios que ele costuma tomar e os medicamentos para casos de emergência.

Alimentação e água == Planeje paradas a cada duas ou três horas e tenha bastante água. Afinal, os cães sofrem mais com o calor do que humanos e precisam ficar hidratados. Leve também uma quantidade suficiente da ração que ele está acostumado a comer para os dias que ficarão longe de casa.

Seguindo estas dicas, o sucesso da sua viagem será garantido. Agora é só aproveitar e tirar várias fotos com o seu amigão!

< Com apoio de informações/fonte: Neovia Comunicação

CenterNorte Institucional Maio2019

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora