O assessor de imprensa, jornalista, pesquisador e filósofo Fabiano de Abreu foi aprovado na Mensa, a maior, mais antiga e mais famosa sociedade de alto QI (Quociente de Inteligência) do mundo. De acordo com a bateria de testes pelo qual Fabiano de Abreu foi submetido, ele tem o QI acima de 180, o que o coloca na categoria acima de superdotado.

O início === Fabiano de Abreu relata como descobriu pertencer a este grupo de inteligências acima da média:  “Decidi fazer um teste com a psicóloga Roselene Espírito Santo Wagner, que não me apresentou números (QI), mas um resultado nomeando-me como “inteligência acima da média”. Depois fui procurar em São Paulo a neuropsicóloga Cristiane Costa Cruz, que é membro da Mensa e especialista em teste de inteligência. Fazendo um teste amplo de diversos tipos de inteligência, como habilidades verbais e de raciocínio. Após esses dois testes, fiz também a prova para a Mensa confirmando o alto QI e passei a fazer parte da Mensa internacional”.

Figurar neste rol super-exclusivo de gênios é um feito para poucos. No Brasil, por exemplo, dentre as celebridades, temos o apresentador Jô Soares com QI 156 e o músico Roger Moreira, da banda Ultraje a Rigor, com QI 172. O fato do filósofo marcar acima de 180 pontos no teste de QI o posiciona junto ao topo desta lista, dentre as mais inteligentes pessoas públicas e personalidades brasileiras vivas.

Se compararmos em nível global, Steve Jobs, criador da Apple tem 140 de QI, o multibilionário Bill Gates tem QI 152. Einstein tinha QI 160. Stephen Hawking, o famoso cientista tem o QI de 160. Esses números posicionam Fabiano de Abreu em um seleto grupo, também em nível mundial.

Como avaliar === Existem diversos métodos para medir o quociente de inteligência. Contudo, o método mais preciso, que é adotado pela Mensa Internacional, é baseado em percentil: “Em consulta com a neuropsicóloga especialista em teste de QI e com membros da associação, foi-me informado que a medida correta do QI é percentil. Para entrar na Mensa tem que ter no mínimo 98% de percentil, que seria o equivalente a 2% da população mundial. No meu caso, 99% equivale a 1% da população. Se nos basearmos em números teremos resultados relativos. Alguns testes, de pontuação máxima de 150, 99% seria algo entre 130 e 150. Já em um teste de pontuação máxima 200, 99% daria de 180 a 200. No último teste que fiz esse mês, se fosse me basear nisso, poderia dizer que tenho 180, 190 ou 200, mas não é correto isso, pois não é mais avaliado assim. Os testes da Mensa tem a aprovação da sua sede na Inglaterra, e a associação é pioneira e a mais relevante do mundo”.

A satisfação e o passado === Fabiano afirma que sente-se feliz em poder representar Portugal positivamente no exterior: “Para mim nunca importou o grau de QI, realmente nunca me preocupei com isso. O que acho legal disso tudo é poder levar o nome de Portugal e de Castelo de Paiva para o exterior, de forma positiva. Eles precisam saber que aqui também há super cérebros, não só no estrangeiro.” Ele  relata que era rebelde na infância e chegou a ser expulso da escola por ser baderneiro.  “Até o ensino médio não era o chamado aluno modelo. Tinha problemas de disciplina. Mas veio a maturidade e me tornei um jornalista, escritor e um profissional respeitado em Portugal e no exterior. Sou um filósofo que não se formou em filosofia. Por ser aprovado na Mensa, tenho condição de pleitear uma bolsa em Harvard e outras universidades igualmente prestigiosas ao redor do mundo. Pretendo fazer faculdade no Porto ou Coimbra.”,

Escalas de inteligência === Para David Wechsler, famoso psicólogo que desenvolveu escalas de inteligência bem conhecidas, como a Wechsler Adult Intelligence Scale e a Wechsler Intelligence Scale for Children, o termo “gênio” poderia ser aplicado a quem obtivesse escore acima de 127, numa padronização com média = 100 e desvio-padrão = 15. Mais tarde, passou a classificar como “gênio” quem obtivesse escore acima de 150. Pela classificação mais recente do Stanford-Binet V (2003), o termo gênio é aplicado a quem obtém pontuação acima de 160.

Confira as bases de QI Mundial:

  • QI acima de 127: Superdotação
  • 121 – 127: Inteligência superior
  • 111 – 120: Inteligência acima da média
  • 91 – 110: Inteligência média
  • 81 – 90: Embotamento ligeiro
  • 66 – 80: Limítrofe
  • 51 – 65: Debilidade ligeira
  • 36 – 50: Debilidade moderada
  • 20 – 35: Debilidade severa
  • QI abaixo de 20: Debilidade profunda
  • Abaixo de 20: profundo retardo mental

Outro teste de Q.I. comumente utilizado em crianças é a Escala de Bailey de desenvolvimento infantil.

Conheça 15 dos maiores QI do mundo:

  • Steve Jobs ( criador da Apple ) =  140 pontos
  • Bill Gates (criador da Microsoft) =  151 pontos
  • Quentin Tarantino ( diretor de cinema) =  160 pontos
  • Albert Einstein (cientista) de 160 a 190 pontos (previsão)
  • Jô Soares (comediantes/apresentador) = 156 pontos
  • Madonna (cantora) = 140 pontos
  • Nicole Kidman(atriz) = 132 pontos
  • Rowan Atkinson (comediante) = 178 pontos
  • Rick Rosner (escritor) = 192 pontos
  • Fabiano de Abreu  (jornalista, escritor e filósofo) = 180 pontos
  • Stephen Hawking (cientista) =  160 pontos
  • Leonardo da Vinci  (artista plástico/inventor) = 180-190 (previsão)
  • Kim Ung-Yonq (cientista / NASA )210 pontos
  • Judit Polgar (grã mestre em xadrez ) =  170 pontos
  • Marilyn Von Savant – uma americana de 44 anos que conseguiu a façanha de figurar no livro Guinness de Recordes com o mais alto quociente de inteligência (QI) já medido: 228 pontos.

Sobre Fabiano de Abreu ===  é um filósofo, pesquisador, poeta, escritor, jornalista e assessor de imprensa conhecido no Brasil, Portugal e em Angola. Escreveu o livro “Viver Pode Não Ser Tão Ruim” que encontra-se na Universidade de Coimbra em Portugal, na Gregório Semedo em Luanda, Angola e nas bibliotecas de Castelo de Paiva em Aveiro e São Lázaro em Lisboa, ambos em Portugal. Também na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro. A versão em espanhol de ‘Vivir Puede No Ser Tan Malo‘ pode ser encontrada online. Como jornalista possui mais de 15 colunas entre diversos jornais, revistas e sites. Dono da empresa MF Press Global – assessoria de imprensa e mídia social, Fabiano criou mais de 500 personagens para imprensa brasileira obtendo assim o atual recorde do jornalista que mais criou personagens na história, recebendo o prêmio Melhores do Ano de 2017 por este feito. Além do prêmio de jornalista revelação em 2015, melhor assessor de imprensa em 2016 e o prêmio Brazil Films de cinema  em 2016.  Mais informações  no Wikipédia – clique aqui.  < Com apoio de informações/fonte: PR Newswire Comunicação >>

(*) Mensa –  Mais de 134 mil membros em mais de 100 países — membros entre 2 por cento mais inteligentes da população. Mais informações em matéria da revista Superinteressanteclique aqui

Os critérios de ingresso == Teste é aplicado pela entidade por R$ 80. == Para entrar na Mensa, é preciso estar entre os 2% com escores mais altos nos testes de QI, considerando os padrões de resultados de brasileiros da sua faixa etária. No Brasil, os testes são administrados pela própria associação, em sessões coletivas (no passado, eram provas individuais), e as inscrições podem ser realizadas pelo site mensa.com.br, com o pagamento de uma taxa de R$ 80. Também é possível enviar o laudo de um teste de QI já realizado no passado, desde que tenha sido aplicado por um psicólogo registrado no Conselho Regional de Psicologia – neste caso, a taxa é mais alta, no valor de R$ 500. Os testes aceitos atualmente no país são o APM (Matrizes Progressivas avançadas de Raven-Pearson), o WAIS-III (edição mais antiga do teste mais utilizado no mundo hoje, o WAIS-IV), e o WASI, a versão abreviada do WAIS. <<Observação: informações da Superinteressante de 26 de setembro de 2017.Checar valores atuais>>

Inauguração loja

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora