Início Negócios Com mudanças no Plano São Paulo, lojas de shoppings voltam a funcionar...

Com mudanças no Plano São Paulo, lojas de shoppings voltam a funcionar até às 22 hs

Tempo de Leitura: 2 minutos

.

  • Horário autorizado é até 23 horas, mas shoppings focarão abertos até 22 hs
  • Novo horário cria ânimo para vendas no Dia dos Pais, em agosto

Com a queda nos indicadores de internações e óbitos, além do avanço da vacinação em massa, o Governo de São Paulo atualizou as novas medidas para o funcionamento do comércio a partir da próxima 6ª feira (09jul2021) até 31 de julho, quando uma nova revisão será anunciada.

Portanto, lojas de shoppings poderão funcionar com horário limite até às 23 horas, segundo anúncio do Governo, e com a capacidade de 60% do público dentro dos empreendimentos, dando continuidade a todos os protocolos estabelecidos para a prevenção do COVID-19.

A Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (ALSHOP) vê essa medida com um alívio e esperança de tempos melhores, e ainda acredita que a expectativa de recuperação seja mais rápida para o setor que fechou cerca de 14 mil lojas e desempregou 120 mil pessoas desde o início da pandemia.na

“É com muita felicidade que vemos as coisas ‘voltando à normalidade’ e a expectativa dos nossos associados começam a subir para esse segundo semestre. Isso se deve a um contexto de vacinação acelerada, queda de casos da doença e também perspectivas positivas para a economia com a queda do dólar e retorno dos investimentos”,afirma, Nabil Sahyoun, presidente da ALSHOP.

Segundo a ALSHOP, com o horário de funcionamento dos shoppings voltando ao normal o fluxo de frequentadores vai aumentar gradualmente, levando em consideração que as praças de alimentação também não terão mais seus horários comprometidos.

“A percepção que os lojistas passam para nós é que a demanda de consumo reprimida e a maior confiança com a vacinação têm ajudado no movimento. Mas vale ressaltar que a tendência para o segundo semestre deve ser de abertura de novas lojas, em um balanço que iremos divulgar em breve”, finaliza.

As mudanças no Plano São Paulo podem também ser uma luz no fim do túnel, uma vez que o Dia dos Pais está se aproximando, e se as medidas se estenderem após o dia 31 de julho, pode virar um atrativo para a data comemorada em agosto. << Com apoio de informações/colaboração: CQuattro Comunicação-Thalita Sollazzo >>


d