Em 16/12/2018 (domingo) será o último dia de ações culturais da Casa de Cultura Vila Guilherme-Casarão (Praça Oscar da Silva, 110 – V.Guilherme), que estará encerrando suas atividades culturais. O prédio ficará fechado para reformas — que teve início em outubro nas áreas do fundo, agora se espalhará por todo o espaço. A previsão de finalização da reforma e reabertura do Casarão é para a primeira semana de fevereiro. Portanto, neste período (17/12/18 à 31/01/19), o “Casarão”  ficará fechado para o público. Neste período, a direção da Casa de Cultura está com a Secretaria Municipal de Cultura em estudos e desenvolvimento de novos projetos, programações e a reabertura do espaço.

 Segundo a Secretaria Municipal de Cultura, as obras são de manutenção e conservação, ao custo total de R$806.050,23 vindos com recursos do FUNDURB. Entre as intervenções previstas no equipamento estão a revisão da cobertura, o reparo do piso de duas salas, revisão elétrica e hidráulica, reorganização de layout e pintura interna e externa.

O lugar — A Casa de Cultura Municipal Vila Guilherme – Casarão é um equipamento da Secretaria Municipal de Cultura, inaugurada em 11 de junho de 2016 e localizada no coração da Vila Guilherme, o Casarão é fruto da mobilização da comunidade e dos coletivos culturais por meio do Conselho Participativo. O prédio tombado pelo Departamento de Patrimônio Histórico conta com 3.000 m² e mais de 16 salas multiusos, além de uma ampla área externa e pátio interno. As atividades oferecidas no espaço buscam atender a demanda da comunidade com oficinas, apresentações culturais, debates, saraus, exibições de filmes, entre outros.

O histórico — O Casarão foi construído em 1924, para abrigar o Grupo Escolar de Vila Guilherme, que depois veio a se chamar Grupo Escolar Afrânio Peixoto, o prédio funcionou como escola até 1970, quando deixou de pertencer ao Governo do Estado e passou a ser da Prefeitura de São Paulo. Em 1977, o Casarão se tornou sede da subprefeitura Vila Maria/Vila Guilherme, na época Administração Regional, que funcionou até 2004 no prédio, que depois foi fechado. A comunidade da região, que já reivindicava um espaço de cultura no bairro, se mobilizou para levar ao Poder Público a demanda de reabrir         o prédio como um equipamento cultural.

A requalificação  — Em abril de 2014, os coletivos culturais e organizações populares da região deram inicio a uma ocupação cultural no Casarão, onde desenvolveram apresentações e oficinas de teatro, música, dança, capoeira, skate entre outras atividades, e mantiveram o Casarão aberto de forma a reivindicar sua utilização como um equipamento público de cultura. Com o permanente diálogo direto dos coletivos da região com a Prefeitura Regional de Vila Maria/Vila Guilherme/Vila Medeiros,  o Conselho Participativo Municipal indicou como meta prioritária a readequação do Casarão e, no final de 2015, iniciou-se a obra de requalificação do prédio e hoje é uma realidade como bem público da cidade de São Paulo e da Zona Norte. << Informações/Fonte: Casa de Cultura Vila Guilherme-Casarão e Secretaria Municipal de Cultura >>


Nota: Durante o período, a direção da Casa de Cultura Vila Guilherme-Casarão estará planejando a agenda 2019  e a Festa de Reinauguração do espaço cultural e público durante este período. E pedem o envio de  sugestões e críticas construtivas para nosso email ou whatsapp: c.casarao@gmail.com   ou 11-94452-7136 – a/c Juninho Sedero.


Institucional Trevo

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora