Para aqueles que acreditam que a força do Carnaval está só no Brasil, está bem enganado. O Brasil tem quase cinco dias intensos de badalação, mas o Uruguai tem aproximadamente 40 com uma enorme variedade musical e dança, o que lhe confere o título do carnaval mais longo do mundo. A semelhança com a nossa festa popular é que o ritmo do vizinho também é ditado por um estilo musical originário da África, o Candombe.

Esse gênero anuncia a chegada do carnaval e anima os famosos “Desfiles de Llamadas”. Dois dias de desfiles com bateria de tambor, 7 e 8 de fevereiro, descem a avenida 18 de Julio – principal de Montevidéu, e arrastam uma multidão que dança ao ritmo do Candombe – hoje Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade.

A força e o colorido do ritmo africano fazem os visitantes vibrarem, por uma manifestação caracterizada pelo diálogo de três tipos de tambores: chico, repique e piano. O comovedor espetáculo é o maior no mundo quando se trata de tambores sendo tocados ao mesmo tempo: são mais de 2500 instrumentos unissonantes arrepiando a alma dos espectadores.

O candombe, é uma dança levada ao som de atabaques típica da América do Sul. Atuante na cultura uruguaia há mais de 200 anos, é uma manifestação cultural originada a partir da chegada dos escravos da África ao continente sul-americano. A sua importância não está só no carnaval, ele se manifesta no Uruguai durante muitos domingos e feriados do ano ressoando no bairro sul de Montevidéu e em outros dois bairros meridionais da capital: Palermo e Cordón, que abrigam boa parte da população de origem africana. Pequenos desfiles são organizados nessas datas onde os participantes se reúnem para esquentar os tambores e confraternizar.

Uma vez esquentados, a procissão é liderada pelos mais prestigiados membros de famílias da comunidade, renomadas por seu virtuosismo na arte de tocar bateria por gerações, e logo atrás surgem os outros bateristas, que marcham em fila respeitando aos mais experientes.

Transmitido dentro das famílias afrodescendentes, o Candombe não é apenas a expressão de uma resistência, mas também uma festividade musical uruguaia e uma prática social coletiva profundamente enraizada no cotidiano desses bairros. É também um símbolo e uma manifestação da memória da comunidade, que encoraja os antigos habitantes a retornarem ao núcleo histórico do Candombe em determinados feriados, com mais força normalmente nos dois dias que anunciam a chegada do carnaval no Uruguai.

Sobre o Carnaval do  Uruguai == O Uruguai tem o carnaval mais longo do mundo, começa em finais de janeiro e continua até meados de março. Durante aproximadamente 40 dias, milhares de pessoas vão as ruas ou casa de espetáculos acompanhar as diversas atrações que se exibem ao ar livre em todo país, e são marcadas pela mistura das culturas africana e europeia.

Iniciado em Montevidéu, é uma das tradições mais antigas e populares da cultura uruguaia. O ponta pé inicial é dado todos os anos com o Desfile Inaugural na Avenida 18 de Julio sob o som do Candombe. Todos os grupos que intervêm no concurso oficial da capital participam acompanhados de carros alegóricos e cortejo de Rainhas do Carnaval.

A Murga, assim como o Candombe, é elemento essencial do carnaval uruguaio, ritmo de origem espanhola mistura teatro, paródia, humor e melodia. O gênero é uma das expressões mais genuínas da cultura do país, principalmente por sua participação popular. Nas noites de fevereiro, durante o período de carnaval, os conjuntos percorrem palcos montados nas ruas de diversos bairros, onde costumam se apresentar.

Por aproximadamente 40 dias, os grupos carnavalescos de Murgas, Parodistas, Humoristas e Revistas Musicais participam do Concurso Oficial do Carnaval, onde apresentam com humor e sátira a visão do país e do mundo, acompanhados de diversos arranjos corais, vestuários chamativos e maquiagens criativas. Além de Montevidéu, todas as cidades do interior do Uruguai têm seus desfiles inaugurais. Algumas cidades sofrem influência de outros países como Rivera, Artígas e Melo, localidades fronteiriças ao Brasil, que adotam diversos elementos do nosso carnaval.

Datas importantes permeiam o tema carnaval durante o ano:

8 de dezembro – Carnaval das Promessas em Montevidéu
25 de janeiro – Desfile das Escolas Do Zamba
28 de janeiro – abertura do concurso de grupos – Teatro de Verão
7 e 8 de fevereiro – Desfile de Llamadas
Mais informações: www.descubrimontevideo.uy

Dica de passeio: Em Montevidéu pode-se visitar durante o ano todo o Museu do Carnaval. Ali está exposta a memória do carnaval e abriga parte da história nacional. Confira no site:http://museodelcarnaval.org/

Crédito fotos: Leonardo Correa/Ministério de Turismo do Uruguai

< com apoio de informações/fonte: Arabella >

 

Institucional Trevo

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora