A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de São Paulo realiza neste sábado (25/08/2018) mais um dia “D” de vacinação contra o sarampo e a  poliomielite, visando ampliar os índices de adesão às vacinas na capital paulista. Para isso, além da abertura de todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS), equipes de saúde também deverão realizar busca ativa em suas áreas de abrangência, a fim de orientar os pais e responsáveis pelas crianças que ainda não foram imunizadas, a procurarem o posto mais próximo para receberem as doses. As crianças que estão com a vacina em atraso ou com doses incompletas também serão vacinadas. Outra ação prevista para o fim de semana é a instalação de um posto volante no domingo (26), na avenida Paulista, em parceria com o Rotary Club – São Paulo.

Para a mobilização deste sábado, as unidades de saúde (confira a lista aqui) funcionarão das 8h às 17h. A campanha, que começou em 4 de agosto no município de São Paulo, tem como público-alvo as crianças entre 1 ano e 4 anos, 11 meses e 29 dias de idade. Este será o terceiro dia de mobilização da campanha na capital.

“Estamos perto da última semana de campanha (prevista para terminar dia 31 de agosto) e ainda temos muitas crianças que não foram imunizadas. Por isso, a vacinação deste sábado é mais uma chance para que pais e responsáveis levem as crianças para receber o reforço vacinal. A participação de todos é fundamental para manter o sarampo e a pólio longe da capital paulista”, alertou a coordenadora do programa municipal de imunizações, Maria Lígia Nerger.

A secretaria reforça que as crianças devem receber as vacinas contra a pólio e o sarampo mesmo que a carteirinha de vacinação esteja em dia. Para se vacinar, é preciso levar documento de identificação e, se possível, carteira de vacinação e cartão SUS.

Vacinação em escola de educação infantil === Outra ação implementada pela pasta, conjuntamente com a Secretaria Municipal da Educação (SME), é, a partir da próxima 2ª feira (27) até 6ª feiira (31), vacinar os alunos nos centros de educação infantil (CEI) e escolas municipais de educação infantil (EMEI) públicas e também em creches e escolas de ensino infantil privadas.

Entre o dia 4 de agosto (data de inicio da ação preventiva) e a última quinta-feira (23), foram aplicadas 697.568 vacinas no município de São Paulo, sendo 351.055 doses contra pólio (paralisia infantil) e outras 346.513 doses da vacina SCR, que protege contra sarampo, caxumba e rubéola. É importante destacar que uma mesma criança pode ter tomado as duas vacinas na mesma ocasião.

Os dados representam uma cobertura de 59,3% para poliomielite e 58,5% da tríplice viral. A ação preventiva é voltada exclusivamente para público infantil e a adesão é fundamental para reduzir o risco de reintrodução da poliomielite no Brasil assim como o de circulação de sarampo e rubéola na capital paulista.  << Com apoio de informações/fonte: Secretaria Municipal da Saúde/Coordenadoria Regional de Saúde-CRS Norte >>

 

credito_sicredi

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora