13.8 C
São Paulo
quarta-feira, 15 julho, 2020
credito_sicredi
Home Cidade Cidade As normas de funcionamento de atividades culturais, restaurantes, academias e salões de...

As normas de funcionamento de atividades culturais, restaurantes, academias e salões de beleza

O governador João Doria Jr. anunciou nesta 6ª feira (03jul2020) os protocolos de reabertura e funcionamento dos setores de eventos, espetáculos culturais, restaurantes, academias e salões de beleza. Museus, galerias, acervos, centros culturais, bibliotecas, cinemas, teatros e casas de espetáculo poderão reabrir parcialmente na fase amarela, assim como eventos culturais com público sentado e lugar marcado.

Neste sábado (04jul2020), as entidades representativas dos setores terão reunião com o prefeito Bruno Covas para definição dos protocolos, que serão assinados e publicados no Diário Oficial da Cidade. O funcionamento dos setores será a partir de 2a.feira (06jul2020).

O início de atividades culturais, eventos e convenções com público sentado será autorizado após 28 dias consecutivos da região na fase amarela. O município de São Paulo, por exemplo, que está na fase amarela desde o dia 29 de junho, se permanecer na mesma etapa, poderá retomar essas atividades no dia 27 de julho.

Para estes setores, será necessário ter ocupação máxima de 40% da capacidade do local, funcionamento máximo de 6 horas por dia, público sentado e assentos com distanciamento mínimo de 1,5 metro e uso obrigatório de máscara. A venda de ingressos deve ser exclusivamente online para assentos marcados e horários pré-agendados. Ainda será necessário controlar o acesso e o número de pessoas, observando a lotação máxima. O consumo de alimentos e bebidas deverá ser suspenso, garantindo que todos mantenham o uso das máscaras.

Grandes eventos e demais atividades culturais que geram aglomeração serão autorizados após 28 dias consecutivos do estado de São Paulo na fase verde. As medidas incluem ocupação máxima de 60% da ocupação, uso de máscara e marcações para delimitar a distância entre as pessoas (que poderão ficar em pé). As vendas de ingressos devem ser exclusivamente online, com horários pré-agendados. Observar que será necessário haver controle do acesso e o número de pessoas, em lotação máxima.

Possibilidades de atendimento === Na fase amarela, existirão duas possibilidades de atendimento: funcionamento máximo por 4 horas diárias ou funcionamento máximo por 6 horas diárias por 4 dias, desde que não haja atendimento presencial nos outros três dias.

Restaurantes e bares  === O Plano São Paulo atualizou as medidas de segurança para o consumo em restaurantes, bares e similares, que permite aos que tenham ambientes arejados que possam oferecer a opção de consumo local. É necessário que a ocupação máxima seja de 40% da capacidade dos assentos e que o funcionamento ocorra por no máximo 6 horas, até as 17h. Clientes e funcionários devem usar máscara em todos os ambientes. O atendimento presencial se limitará a ambientes ao ar livre ou arejados, com obrigatoriedade de assentos.

Academias e salões de beleza  === Academias serão reabertas na fase amarela, com ocupação máxima de 30% da capacidade, funcionamento máximo por 6 horas diárias, uso obrigatório de máscaras e entrada de clientes apenas com agendamento prévio. Serão permitidas apenas aulas e práticas individuais e os equipamentos devem ser limpos ao menos três vezes ao dia. As academias deverão suspender o uso de chuveiros nos vestiários, mantendo apenas os banheiros abertos.

Salões de beleza também poderão funcionar na fase amarela, com ocupação máxima de 40% da capacidade, funcionamento máximo por 6 horas diárias, uso de máscaras e adoção de protocolos geral e específicos para o setor.

Especialistas do Centro de Contingência do coronavírus ressaltam que pessoas consideradas como grupo de risco, tais como os maiores de 60 anos e portadores de doenças crônicas, devem permanecer em isolamento social. << Com apoio de informações/fonte: Comunicação Governo de São Paulo e Ass.Imprensa Prefeitura de SP>>


VEJA DETALHES NAS TELAS DE APRESENTAÇÃO: CLIQUE AQUI  


           Protocolos com a Prefeituras serão assinados no sábado

Com quinze dias na fase amarela do Plano São Paulo, a capital paulista irá autorizar o funcionamento restrito e com regras os bares, restaurantes, salões de beleza e barbearias, de acordo com os protocolos que serão assinados neste sábado (4). O anúncio foi feito nesta 6ª feira (03jul2020) pelo prefeito Bruno Covas e pelo governador João Doria, em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes. Trata-se da quinta atualização do painel de fases da retomada econômica do Plano SP e a quarentena por causa da covid-19 está mantida até o próximo dia 14 de julho.

De acordo com o Plano SP, nesta etapa amarela, os bares, restaurantes e salões de beleza poderão funcionar com 40% da capacidade e expediente diário de até seis horas.

Para a reabertura de novos setores, a Prefeitura de São Paulo vai assinar os protocolos com os setores neste sábado (04jul2020). “Amanhã, na assinatura, nós teremos a versão final do protocolo e a versão final das regras que serão observadas por esses setores, dadas as limitações colocadas pelo Estado de São Paulo” explicou o prefeito.

Também a partir da próxima 2ª feira (06jul2020),  os setores que já funcionavam na fase 2 (laranja) terão as suas atividades ampliadas em duas horas, passando de quatro para seis horas de funcionamento.  <<Com apoio de informações/fonte: Secretaria Especial de Comuni cação – Secom/PMSP >>


 

LimpaSP – estréia

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora