18.3 C
Sao Paulo
sexta-feira, 15 novembro, 2019
IBCC Institucional
Home Cidade Cidade Após três meses, a Ponte da Casa Verde é liberada para o...

Após três meses, a Ponte da Casa Verde é liberada para o tráfego de veículos.

A Prefeitura de São Paulo liberou na manhã desta 4ª feira (22/05/2019) o tráfego de veículos na faixa da direita da Ponte da Casa Verde, sentido centro. A Secretaria de Infraestrutura Urbana e Obras (SIURB) pediu à Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) a interdição parcial da via no dia 21 de fevereiro, após a ponte ser atingida por dois caminhões, em menos de 48 horas, que não respeitaram a altura permitida.

A interdição parcial se baseou no relatório técnico elaborado pela Engeti Consultoria e Engenharia S/S Ltda., contratada para fazer o laudo estrutural da ponte. A ordem de início para as obras emergências da Ponte da Casa Verde foi publicada no Diário Oficial em 25 de fevereiro, a empresa Preserva Engenharia Ltda. ficou responsável pelos serviços. A recomposição das duas vigas danificadas acaba de ser concluída.

Atualmente estão sendo instalados cabos de aço tensionados na viga de apoio sob o tabuleiro (pista) da ponte. As obras emergenciais devem ser concluídas em 15 de junho e o investimento estimado da Prefeitura é de R$ 2,2 milhões. Os recursos são do Fundo Municipal de Desenvolvimento de Trânsito (FMDT).

A partir de hoje e até o dia 4 de junho começam a ser entregues os laudos estruturais da Ponte da Casa Verde e de outras 15 Obras de Arte Especiais (OAE) contratados em caráter emergencial desde janeiro. A SIURB analisará os laudos e fará um balanço para anunciar as obras a serem executadas.

Outras intervenções ===  O Programa de Metas da Prefeitura prevê a realização de inspeção especial de 185 Obras de Arte Especiais (OAE), além da execução de obras de manutenção e recuperação de 50 pontes, viadutos, passarelas ou túneis. Já foram vistoriadas 73 OAE.

Além da Ponte da Casa Verde, a ponte da Marginal Tietê, que dá acesso à Dutra, foi interditada em 23 de janeiro após constatação de rompimento de uma viga. A ordem de início para as obras emergenciais foi publicada no dia 25 de janeiro e a previsão é que os trabalhos sejam concluídos em 25 de junho.

Na ponte da Freguesia do Ó a faixa da direita, sentido centro, foi interditada no dia 22 de fevereiro. A interdição ocorreu após a empresa responsável pela elaboração do laudo técnico da ponte constatar que a estrutura estava suportando peso acima das especificações para qual foi projetada. A ordem de início para as obras foi publicada em 11 de março e a previsão é que os trabalhos sejam concluídos em 13 de junho.

Atendendo recomendação da empresa que está elaborando o laudo técnico do Viaduto General Olímpio da Silveira, foi proibida a circulação de veículos com carga superior a cinco toneladas no viaduto, atingido inúmeras vezes por caminhões que trafegam com altura superior ao permitido no local.

A SIURB publicou em março a licitação para a contratação de laudos estruturais de 17 pontes e viadutos que, após as vistorias visuais realizadas pela SPObras não caracterizarem a necessidade de emergências. Os envelopes serão abertos em 25 de junho. Ao todo, foram realizadas inspeções em 73 pontes e viadutos. Em apenas 18 delas foram contratados laudos estruturais emergenciais. << Com apoio de informações/fonte: Secretaria Especial de Comunicação – Secom/PMSP >>


 

LimpaSP – estréia

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora