por Aguinaldo Gabarrão (*) === 

Acusar, julgar e sentenciar sem provas, não é um mal trazido pela internet, suas plataformas e aplicativos. É, antes de tudo, um comportamento humano pernicioso, extravasado em qualquer ambiente, inclusive o virtual.  O filme “Aos teus olhos” trata dessa questão.

O professor de natação infantil Rubens (Daniel de Oliveira), é acusado por Davi e Marisa (Marco Ricca e Stella Rabello), pais do aluno Alex, de ter beijado o filho deles no vestiário da escola. A acusação viraliza nos grupos de mensagens de pais, redes sociais, imprensa, e inicia-se um julgamento precipitado contra o professor que trará conseqüências imprevisíveis à sua vida.

As duas faces da moeda ===  O roteiro de Lucas Paraizo, inspirado na peça espanhola O Princípio de Arquimedes, de Josep Maria Miró, desenvolve a ação com agilidade: apresenta o perfil dos personagens e dá pistas do comportamento de cada um na trama.

O aspecto principal do roteiro é a ambiguidade do professor. Amável junto aos seus alunos, na vida privada ele revela outra postura. Intencionalmente, o roteirista e a diretora Carolina Jabor, criam um jogo a partir das situações propostas na trama, e devolvem ao público a decisão de acusar ou inocentar Rubens. É estimulante provocar o espectador, fazendo-o refletir sobre as conseqüências dessas suposições.

Por outro lado o enredo não dá subsídios para entender o que se passou na cabeça do menino (Luiz Felipe Mello), que acusa o professor de tê-lo beijado. Aliás, ele acusa? Não se sabe. Tudo é construído partindo-se do princípio da “escada de inferência” (crenças que adotamos por suposição). Assim, deixa-se de lado a possibilidade dramatúrgica de desenvolver outros elementos da relação pais e filho.

O elemento água ===  A fotografia de Azul Serra potencializa a ambientação nada acolhedora em que se transforma a vida do professor Rubens. As belas sequencias feitas dentro da piscina tentam, de certa forma, reproduzir o que se apresenta na vida do professor: há momentos de clareza e outros em que a água deforma o entendimento do que é percebido ao redor.

A trilha sonora que ressalta a tensão, se torna um recurso desnecessário em várias sequencias, pois a ação dos atores já estabelece esse clima angustiante.

Atores x roteiro ===  Por sua vez, o ótimo elenco, que conta também com Malu Galli e Gustavo Falcão, não consegue suprir a falta de aprofundamento do roteiro. Apenas a personagem de Daniel de Oliveira escapa.

Assistir “Aos teus olhos” vale, principalmente, ao propor discussões acerca da capacidade destrutiva de notícias falsas, replicadas sem qualquer espécie de juízo ou verificação prévia, e que comprometem reputações, sem a possibilidade muitas vezes das vítimas reverterem o estrago feito.

Assista ao trailer do filme:

Facebook: www.facebook.com/aosteusolhosfilme

P


FICHA TÉCNICA

AOS TEUS OLHOS – Distribuição: Pagu Pictures

<< Com apoio da PrimeiroPlanoCom e do Itau Cinemas/Frei Caneca >>

Direção: Carolina Jabor / Roteiro: Lucas Paraizo / Supervisão de Roteiro: George Moura / Argumento: Lucas Paraiso, Josep Maria Miró, Ventura Pons / Fotografia: Azul Serra / Montagem: Sergio Mekler / Música: Sergio Mekler, Thiago Nassif / Produção: Conspiração Filmes / Coprodução: Globo Filmes e Canal Brasil / Assessoria de Imprensa: Primeiro Plano

Elenco: Daniel de Oliveira, Marco Ricca, Malu Galu, Stella Rabello, Gustavo Falcão, Luisa Arraes e Luiz Felipe Mello.  

Gênero: Drama / Duração: 1 hora e 30 minutos

Classificação indicativa: 14 anos / País: Brasil / Ano de Produção: 2017

Lançamento: 12 de abril 2018 (Brasil)


(*) Aguinaldo Gabarrão, ator e dramaturgo. Iniciou em 1989 sua trajetória profissional no teatro com o espetáculo “Halloween, o dia das bruxas”, do dramaturgo Nery Gomide. Trabalhou com diretores de diferentes estilos e gerações: Jayme Compri, Hamilton Saraiva, Eugênia Thereza de Andrade, Fabio Caniatto e Antônio Abujamra entre outros. Atua também no segmento corporativo por meio de cursos, treinamentos e palestras com as técnicas do teatro.


Nota da Redação: As críticas publicadas neste espaço são de inteira responsabilidade de seus autores. As opiniões nelas emitidas não exprimem, necessariamente, o ponto de vista do “DiárioZonaNorte” e nem de sua direção.

 

artevet_comtelefone

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora