Um dos primeiros vegetais cultivados sistematicamente, a lentilha está presente na mesa do homem desde que o mundo é mundo. Na Bíblia, mais especificamente no Antigo Testamento – em Gênesis: Esau vende o seu direito de progenitura ao irmão Jacó, em troca de um prato de lentilhas. Cá prá nós, o Esau sabia das coisas…..

lentilha é associada, nos dias de hoje, à riqueza. Seus grãos achatadinhos lembram pequenas moedas e reza a lenda que, nada melhor do que comer lentilhas na passagem do ano para garantir prosperidade e fartura no ano que se inicia.

As lentilhas frescas não são utilizadas na culinária e existem muitas variedades do grão: a lentilha continental de forma achatada e cor marronzinha (encontrada em todos os supermercados do Brasil) mantém a forma quando cozida. A do tipo amarela ou dahl é muito popular na cozinha da índia. A tipo vermelha é bem pequena e por cozinhar muito rápido e ela se desmanchar, normalmente é usada para sopas e molho. O tipo negra tem maior teor protéico. Ela é considerada gourmet porque após cozida, se parece com o caviar Beluga e é usada para canapés. A lentilha verde é originária da França, da região de Puy – que empresta seu nome à variedade. Depois de cozida, ela tem um sabor picante devido ao solo vulcânico onde é cultivada.

lentilha é versátil: vai bem em saladas, purês, molhos, sopas ou ensopados. E ela dispensa o uso de panela de pressão.

O DiárioZonaNorte  foi buscar na Grécia uma receita muito antiga e saborosa: Fakes. Uma espécie de sopa de lentilhas, muito saborosa e descomplicada.

Ingredientes:

250 gramas de lentilhas (escolhidas e lavadas)
01 e ½ litro de água
01 cenoura cortada em cubos
01 cebola picada
04 dentes de alho picados
02 tomates maduros e picados, sem sementes e sem pele
04 colheres de sopa de azeite de oliva
01 colher de sopa de tomilho fresco (orégano – se for usar o seco, use meia colher)
Sal a gosto
Pimenta do reino a gosto

Em uma panela de tamanho médio, coloque o azeite, a cebola, o alho. Refogue ligeiramente. Quando murchar, acrescente os tomates e o tomilho. Espere apurar um pouco. Acrescente as cenouras, a lentilha e a água. Espere levantar fervura e abaixe o fogo. Mexa de vez em quando. Após uns 30 minutos verifique se já estão macias. Se precisar acrescente mais água. Acrescente o sal e a pimenta do reino. O caldo ficará encorpado. A tradição grega pede que você acrescente uma colher de sobremesa de vinagre de vinho tinto (de boa qualidade) e azeite. E acredite, o sabor fica sensacional. Agora, se você não gosta de vinagre, tudo bem. Use apenas o azeite. Se quiser, também use queijo feta para acompanhar (você acha nos mercados municipais ou em redes maiores de supermercados).

Sirva na virada do ano.

 

Inauguração loja

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário
Por favor, entre com seu nome agora